Why Not??

Negroamaro Primitivo (Zinfandel) Why Not, Por que não? 15.0 de teor alcoolico e delicioso, bom bonito, é o maior barato!

A genetica das uvas Primitivo, ou Zinfandel, nativa das encostas das costas do Mediterraneo, se adaptou bem em diversos climas, em paises, com clima mais quente e arido, e especialmente nos climas mais frios.  Sua qualidade, açucar intenso, graduacao alcoolica idem.  Ja degustei alguns vinhos americanos feitos com Zinfandel, o resumo dos taninos intensos, acucares e especiarias que se transformam em muito alcool, aroma e sabor de boca frutado, um vinhaço com custo muito bom. Oferta no Prezunic.

 

Designação Negroamaro Primitivo (Zinfandel) Why Not 15.0 Grande Vino Italiano
Ano 2018
Sabor seco
Produtor Por que não?
Uvas Negroamaro, Primitivo
designation_of_origin Rosso Puglia IGT
Extensão tanque de aço
Características vermelho rubi intenso; Intenso e complexo com notas de ameixas maduras, ginjas e especiarias; Bem equilibrado, com boa estrutura e taninos suaves
Combinação perfeito com massas picantes, carnes vermelhas e queijos maduros
drink_temperatur 16-18 ° C
Bottle_contents 0,75 l
Fabricante: Contri Spumanti – 37030 – Cazzano di Tramigna – Itália
indicação_de_alergênico contém sulfitos
Álcool 15% vol

 

Novo mundo, vinho velho. Tannat e Syrah, um corte uruguaio que pode durar.

Os uruguaios são desbravadores do novo mundo, no que diz respeito ao Tannat. Essa uva com características bem proprias, tem sido plantada  no Brasil também e ja esta produzindo vinhos incríveis. E esses vinhos estao bobeando em Teresópolis, por conta do clima ameno, e questões de mercado turismo, etc, que permitem voce encontrar essas pérolas como o Don Adelio Ariano, Reserve Oak 2010.

Se a degustacao de vinhos de guarda, mais caros, e voce nao dispensa um vinho,  ja esta começando a se acostumar a escolher entre tantas ofertas existentes nas prateleiras e perceber que tem  muitas coisas que dariam para ter azia pelo resto da vida. E nao se trata de preço, e sim qualidade.

E então esta na hora de começar a provar os cortes diferentes como esse curioso Tannat-Syrah. Mas nosso foco esta alem da alegria com o resultado dos cortes, ou como degustar um vinho de 2010 Reserva, deixado maturar em barris de carvalho franceses ou americanos, e sim na combinação das uvas.

Adoro degustar vinhos antigos, bem guardados, que nao sejam feitos para guarda, e acho o conceito de que cortes de uvas em geral nao se prestam a guarda por mais de 10 anos, um folclore ou boato que sempre esteve na moda. Syrah ou Shiraz,  ja fala atraves de seu nome, suas origens, o Tannat muito parecido na aparência, tem origem na Franca e ambos podemos dissertar horas, sobre seu potencial mineral, cachos alongados, e uma cor azulada.

Mas o importante que o vinho se demonstrou maduro e muito interessante e bem alcoólico, mas nao sofreu alteração em sua estrutura. No barril agrega cor e sabor, carameliza os açúcares e absorve o excesso de taninos e nesse caso ficou muito bom, nao teve necessidade de aeração foi abrir e deixar uns minutos e servir. O resultado desse processo, um vinho que lembra um pouco o velho mundo.

Syrah Tannat 2010

Saude!!

Galeto ao primo canto, com arroz de brócolis e feijão manteiga.

Na nova fase do Virtual Palato receitas e novas formas de cozinhar com melhores praticas de saude, sem muito sal, e muito tempero. Assista o vídeo a receita você consegue fazer assistindo. Prepare a cozinha o vinhos e os ingredientes para dois: um galeto, um maço de brócolis, uma medida de arroz, feijão manteiga, cebola, alho, salsinha ,cebolinha, pimenta dedo de moça e um abacate maduro.

Dica: bons vinhos nacionais com preço e qualidade.

Nesta epoca de crise, tomar bons vinhos tornou-se um desafio. Se voce procurar bem vai encontrar boas opções de vinhos nacionais com um preço de etiqueta inferior a muitos rótulos mais badalados em oferta. Escondidos ali na parte mais nobre da adega do GreenFruit em Teresópolis, descubro com meu amigo Julio o Cabernet Sauvignon Fausto da Pizzato. Frutado, caninos suaves, aromas de cerejas e nozes, Dr. Fausto de Castro um brinde ao bom vinho. Tenho tomado bons vinhos da Serra Gaucha, finalmente os gauchos estão chegando!!
Fausto da Pizzato, Cabernet 2013

Tagine de cordeiro ao vinho, com Tannat Almadén by Miolo

Tagine de Lombo de Cordeiro (Steak) ao vinho tannat. Com pure de batata-doce e creme de espinafre.

Ingredientes:
alho, cebola, dois steak de lombo de cordeiro fatiados, cortados em cubos. Tomates secos, passada de tomate, um pimentão vermelho, cenoura, e se quiser outros legumes, salsinha. Duas batatas doce e um ramo de espinafre. Azeite de oliva e manteiga. Tempero Tagine e Vinho Tannat.
Preparo: tempere os steak com sal, pimenta do reino , salsinha e alho picados, e coloque num tuperware cubra com meia garrafa de vinho tannat. Deixe na geladeira 12 horas.
Retire a carne da geladeira, drene o vinho e separe. Numa panela de ceramica com tampa, coloque uma colher de azeite de oliva, dois dentes de alho e uma cebola inteira cortada. Em fogo alto, refogue e acrescente a carne de cordeiro. Reduza o fogo, e vai acrescentando o vinho aos poucos. Quando estiver tudo bem dourado e reduzido o vinho, coloque os tomates secos, pimentoes, passata de tomate, e os legumes. O tempero seco tahine, tem pimentas, cominho, cardamomo, e outros temperos árabes típicos. Uma colher de chá de tempero e cubra com agua quente. Vai cozinhar por 2 horas em fogo baixo.
Pure de batata doce: numa assadeira, asse as batatas com casca, sal e azeite de oliva. No forno pre aquecido, demora uma hora. Retire as batatas, as cascas vao soltar, coloque as batatas numa panela, um fio de azeite, um dente de alho picado, sal pimenta doreino, e cubra com agua quente deixando cozinhar ate desmanchar bem , use um pilao, crescente uma colher de sopa de manteiga e va misturando ate o pure ficar bem cremoso. Tempo de preparar o creme de espinafre, estilo Popeye: compre espinafre lavado, organico, coloque um pouco de salsa e um ramo de espinafre e um dente de alho, meia cebola, e um copo de agua no liquidificador. Bateu tudo, vai pra panela reduzir, se quiser coloque um pouco de leite de coco.

Vamos falar sobre um vinho com tradição brasileira e renovado: O Tannat Almadén 2013.

_NED0824

Um vinho jovem, com tanitos bem elaborados, leve no paladar e perfeito para o dia-dia.

Dica de vinho nacional novidade com sobremesa fácil e gostosa.

 

Dica de vinho com Pessego em Lata Schramm com Casa Gaioltto Merlot 2012obremesa rapida e facil, saborosa. Um yogurte grego básico, uma lata de pêssegos em calda. Abriu e serviu. Esta pronto para degustar um Merlot com aparencia, gosto decentes com precinho muito camarada. Este inverno vai ser de vinho nacional. Confira uma das novidades da Casa Galiotto, entre elas destacamos este Merlot 2012 da Serra Gaucha, com notas de baunilha, amoras e cafe.

Linguado a moda brasileira com tinto nacional

Neste post iremos abordar alguns temas polemicos: o preço do vinho nas prateleiras aumentou muito, pode se harmonizar peixe com vinho tinto e os problemas de consumo do file de peixe.
A receita é bem simples e você pode ajustar os ingredientes de acordo com a disponibilidade. Para duas pessoas: 2 files de linguado congelados, duas batatas grandes, uma cenoura, 2 dentes de alho, uma cebola, 2 colheres azeite de oliva, meia xícara de leite de coco, pimentão vermelho e champignon, azeitonas pretas e alcaparras. Sal pimenta do reino e ervas finas de provence. Queijo ralado. Para o acompanhamento: ervilha, shoyu, meia abóbora pequena, salsa e cebolinha.
Retire do congelador e deixe descongelar dentro de um Linguado ao Forno com tinto Rio Sol: alguns temas polêmicospano limpo, nao salgue, nao use limao, esse e o segredo para se obter um filete de peixe congelado. Os problemas com algumas marcas de congelados, e que em alguns casos, alem dos peixes terem sua pesca proibida, são usados branqueadores químicos para obter um filete branquinho. Tenho usado a marca Frescato, encontravam nos melhores supermercados e mercados no Rio.
Depois de um tempo, o pano absorve toda a agua do peixe, descasque as batatas e corte em rodelas bem finas. Lave bem a batata em agua corrente ate a agua ficar limpa. Unte uma assadeira com azeite e coloque a primeira camada de batatas, cenouras, e cebola. Tempere o peixe com alho sale pimenta do reino. Coloque os file e cubra com os cogumelos, azeitonas e alcaparras, o resto das rodelas de batata. Enfeite com as tiras de pimentão, cubra com leite de coco light e queijo ralado idem. Leve ao forno por 30 minutos 250 graus. Prepare o purê de abóbora com salsa e cebolinha bem rápido: corte a abobora em cubos, cozinhe com sal e pimenta do reino e um dente de alho. Quando a abobora amolecer, retire do fogo e bata no liquidificador e devolva para a panela. Adicione a salsa e cebolinha picadas e mais azeite e deixe reduzir mexendo sempre. Refogue as ervilhas num fio de azeite e molho shoyu.Linguado ao forno com Batatas ao Leite de CocoSirva como na foto.

 

 

 

 

Harmonize com um vinho nacional, pode ser um tinto bem seco como o Rio Sol: tempranillo a uva desse vinho, colheita de 2013, se adaptou bem ao solo irrigado da regiao do semi-arido, os donos são portugueses, estivemos na vinicola no ano de 2012 e vimos essas uvas ainda nos vinhedos. E vai bem com o leite de coco, abóbora.Se voces notarem, os preços dos vinhos e bebidas em geral sofreram aumentos por conta de impostos.O interessante é que os vinhos de categorias mais simples, sofreram maior impacto e trazem um desafio para o consumidor: tomar um vinho ruim argentino ou chileno, português, ou experimentar os vinhos nacionais da mesma faixa de preço?
Rio Sol Tempranillo 2013