Truta na manteiga: alcaparras, limão, cogumelos frescos e pimenta indiana, manjericão. Vodka flambé.

Truta flambada na manteiga: alcaparras, limão, cogumelos frescos e pimenta indiana, manjericão.

A truta se adaptou bem na região serrana do Rio, mas o custo de produção e frete encarecem demais o produto que deve ser consumido fresco de preferencia. Apesar de encontrado fresco e vivo, pode apresentar problemas quando consumido sem o devido preparo. Existem muitas questões sobre a Truta e como preparar esse peixe de agua doce, que tem gosto de terra e muito colageno, vitaminas e pouca gordura. Antes de mais nada, a truta originaria dos rios, tem sido reproduzida em cativeiro com muito sucesso, mas com muitos problemas ambientais e de saude. Por conta da qualidade da agua onde vive e da ração com a qual é alimentada, a truta, quando consumida ao ponto, como deve ser, pode trazer os mesmos riscos do consumo de ovos crus, por exemplo, onde encontramos bactérias e microorganismos como a famosa Salmonella. A ração utilizada pode conter GMO, ou seja, ingredientes modificados geneticamente, que se consumidos em excesso podem causar danos genéticos nas futuras gerações. Das trutas e dos humanos.
E vamos ao preparo: lave a truta com agua e salgue, coloque pimenta do reino, e deite duas colheres de sopa de manteiga na frigideira grande, em fogo baixo, e va adicionando as fatias do limão ,que tem que ser siciliano, bem gordinho, pimenta verde fatiadas, alho com a casca e cogumelos frescos. Cubra e deixe por uns 10 minutos no fogo baixo, adicione 50 ml de vodka e acenda um fósforo com cuidado, deixando a mistura apagar tampe, e deixe por mais 10 a 15 minutos. Sirva


Ingrediente para 2 pessoas:
01 Truta inteira limpa
2 dentes alho 2 colheres de manteiga, uma pimenta verde, 2 dentes de alho, 4 cogumelos sal e pimenta do reino, azeite para dar o acabamento.

Truta dourada com batatas e shitake, com vinho mineiro Casa Geraldo Shiraz 2014

Casa Geraldo Shiraz 2014

Os vinhos da Casa Geraldo nos surpreenderam. Esse Shiraz 2014 foi premiado em competição internacional, e quando abri a garrafa no friozinho da Serra da Mantiqueira, em pleno verão, reconheci o mineral do terreno dessa regiao, também presente na fazenda onde sao criadas essas trutas brancas. Calcareo, ouro, metais nobres, tudo de bom!!
Ai pensei: a truta vai combinar muito com esse vinho! Dito e feito.

Criei uma receita meio israelense com um toque de curcuma. Com pimenta calabresa, paprica, tomilho, louro, alho e cebola nao esquecer o gengibre.
Truta dourada. Para tudo!! Essa truta criada nas cabeceiras da Serra da Mantiqueira, é o máximo. Carne branca, saborosa, cheia de colageno, mas muito mais suave que a Arco-Iris que conhecemos. Da pra fazer um bom guefieltefish ou pra comer tudo e usar os osso para engrossar o caldo.

Truta para dois:

Uma truta gordinha, seis batatas pequenas, shiitakes frescos, 1/2 cebola, 3 dentes de alho, um pedacinho de gengibre, meio ramo de salsinha, uma cebolinha, tomilho, azeite , sal, curcuma, cominho em po,  pimenta calabresa e do reino. Meio tablete de caldo de legumes ou caldo de legumes fresco. Vinagre de sua preferência .

Preparo: Refogue o gengibre, alho e cebola no azeite, quando dourar adicione os shitake fatiados, uma colher  de  vinagre e deixe caramelizar o shitake, pode colocar os temperos como tomilho, meio ramo de salsinha, uma cebolinha, tomilho, azeite , sal, curcuma, cominho em po,  pimenta calabresa e do reino. Meio tablete de caldo de legumes, ou caldo de legumes fresco e cubra agua, entao adicione as batatas e cubra com mais agua fervendo, deixe cozinhar por uns quinze minutos em fogo baixo tampado, nesse meio tempo prepare a truta, cortando em postas. Adicione a truta ao caldo e deixe cozinhar por mais uns 20 minutos, retire a truta e as batatas e reduza o caldo. Bom Apetite !!

Truta Frita

Truta Frita
Truta FritaTruta Frita, a photo by Sergio Nedal Riss on Flickr.

Tempos de Truta. Com toda a bagunça causada na cidade pelos eventos e obras sem fim, nada me resta senão fugir para a Serra e fazer uma bela truta. A Truta é um peixe super delicado, de agua doce e criado a base de nutrientes organicos e em cativeiro. Compre a truta eviscerada, sem as visceras. Descongele. Coloque as trutas em agua na temperatura ambiente com um pouco de sal. Escorra e tempere com sal e pimenta do reino, passe as trutas por um ovo batido com alho picado e depois pela farinha de trigo ou de pão. Frite no oleo de milho. Vai bem com arroz e feijão, e uma pimentinha bem retada!