Seival by Miolo:uma surpresa brasileira na Casa Tricana

casta portuguesa integrada na Campanha

Seival by Miolo Tempranillo
Surpreendente, aveludado e frutado, ao mesmo tempo tem aromas da região da Campanha, mel, pimenta, cafe, e um pouco de couro ao abrir, o que caracteriza o vinho da região..

Vinho elaborado com uvas da variedade Tempranillo cultivadas na região da Campanha Meridional. Este vinho apresenta uma intensidade de cor média com tonalidade vermelho rubi, de aroma frutado, ressaltando frutas vermelhas maduras.
VinhA
Região Solo
Clima Variedades Colheita
Campanha Meridional/RS
Arenoargiloso de topografia plana com leves ondulações Quente e subúmido
Tempranillo
Mecânica
ViniFiCAçãO
– Desengace total dos cachos, sem esmagamento;
– Maceração pré-fermentativa a frio por 2 dias;
– Fermentação alcoólica e maceração a temperatura controlada de 24 a 26°C, com apropriada gestão da extração polifenólica através de remontagens abertas, fechadas, pigeages e delestages;
– Descube por gravidade e separação do vinho flor do vinho prensa;
– Fermentação malolática espontânea e completa;
-Breve estágio em barricas de carvalho.
AnáliSE SEnSORiAl
Visão Olfato Gosto
Coloração vermelho-rubi intenso com traços violáceos. Aroma muito frutado, com complexas notas de carvalho. Vinho de boa estrutura com taninos elegantes e persistentes.
Temperatura ideal: 16oC

hARMOnizAçãO
A tanicidade do vinho não é compatível com o amargor das carnes bem passadas, assim como seu teor alcoólico. Desaconselha-se que seja servido com alimentos ácidos ou comidas muito salgadas, por contraposição a melhor harmonização seria feita com comidas untuosas e suculentas. Assim é ideal para arroz carreteiro, carne de panela, dobradinha, feijoada carioca, macarrão ao ragu, arroz de frango caipira, frango com quiabo, baião de dois, rodizio de massas, pizzas clássicas e queijos maturados de massa semidura.

El Rabo del Toro, Rabada com Tempranillo premiado

Encontrar o Toro Loco foi uma surpresa. Pediu uma rabada para acompanhar. O tinto espanhol premiado como melhor vinho do ano na degustacão as cegas na Expovinis 2012, pode ser encontrado a um precinho camarada no Armazem do Alto, em Teresópolis. O aumento no imposto sobre bebidas foi de 42 por cento para o vinho, no final de 2014, o que inviabiliza o mercado. Isso quer dizer que o lojista não esta comprando nada, as lojas simplesmente estão tentando vender com o melhor preço possível, sem repassar o aumento, sem renovar os estoques. Difícil, só comendo uma rabada com Toro Loco, Cabernet Sauvignon, 2012. Como preparar uma boa rabada com agrião: existem muitas receitas, e certa vez provei uma sopa de rabo com uma erva azedinha como rucula ou agrião. O segredo esta no cozimento trifásico. São três etapas, dourar os pedaços do rabo com sal, refogar até dourar bem. Colocar uma taça de vinho branco seco, cobrir com agua e fechar a tampa. Meia hora na pressão, deixe esfriar e abra a panela, coloque alho, tomate sem pele, páprica e pimenta dedo de moca, ou um molho com esses ingredientes. Adicione o agrião e cozinhe por mais 20 minutos. Sirva com arroz.

Trouxas de Couve Mineira

Chili com carne sempre foi uma receita enigmática para mim. Resolvi então, neste calor de 40 graus, com uma a preguiça maior que a fome e quando o vinho só cai bem se for gelado, vou usar a couve da horta. Coisa que abunda mais nesta época do ano aqui em Teresopolis, do que político corrupto, e o arroz da Maria, hum…pronto vou fazer umas trouxas de couve com chili con carne e arroz, a receita eu devo dar quando o calor permitir…harmoniza bem com o vinho da foto em oferta no Zona Sul da Barra da Tijuca. Ganha uma garrafa quem acertar com que uva o Tempranillo se parece?

20130214-171045.jpg