Novo mundo, vinho velho. Tannat e Syrah, um corte uruguaio que pode durar.

Os uruguaios são desbravadores do novo mundo, no que diz respeito ao Tannat. Essa uva com características bem proprias, tem sido plantada  no Brasil também e ja esta produzindo vinhos incríveis. E esses vinhos estao bobeando em Teresópolis, por conta do clima ameno, e questões de mercado turismo, etc, que permitem voce encontrar essas pérolas como o Don Adelio Ariano, Reserve Oak 2010.

Se a degustacao de vinhos de guarda, mais caros, e voce nao dispensa um vinho,  ja esta começando a se acostumar a escolher entre tantas ofertas existentes nas prateleiras e perceber que tem  muitas coisas que dariam para ter azia pelo resto da vida. E nao se trata de preço, e sim qualidade.

E então esta na hora de começar a provar os cortes diferentes como esse curioso Tannat-Syrah. Mas nosso foco esta alem da alegria com o resultado dos cortes, ou como degustar um vinho de 2010 Reserva, deixado maturar em barris de carvalho franceses ou americanos, e sim na combinação das uvas.

Adoro degustar vinhos antigos, bem guardados, que nao sejam feitos para guarda, e acho o conceito de que cortes de uvas em geral nao se prestam a guarda por mais de 10 anos, um folclore ou boato que sempre esteve na moda. Syrah ou Shiraz,  ja fala atraves de seu nome, suas origens, o Tannat muito parecido na aparência, tem origem na Franca e ambos podemos dissertar horas, sobre seu potencial mineral, cachos alongados, e uma cor azulada.

Mas o importante que o vinho se demonstrou maduro e muito interessante e bem alcoólico, mas nao sofreu alteração em sua estrutura. No barril agrega cor e sabor, carameliza os açúcares e absorve o excesso de taninos e nesse caso ficou muito bom, nao teve necessidade de aeração foi abrir e deixar uns minutos e servir. O resultado desse processo, um vinho que lembra um pouco o velho mundo.

Syrah Tannat 2010

Saude!!

Frango caipira com toque de Syrah israelense.

O frango caipira é um achado que o Carrefour sempre oferece, a preferencia por esse tipo de frango na região da Barra e Zona Oeste, se deve a cultura nordestina local, que habita e compra nessa grande rede. Se você for ao Terreirão, na altura da Gilka Machado, entre pela rua dos Arquitetos e encontrara um abate de aves tradicional, escolhe a sua galinha velha e leva pra panela. Sem hormônios e comendo uma ração orgânica. No caso eu usei as coxas e sobrecoxas, marinei com vinho tinto, molho inglês, uma colher de molho de tomate, uma colher de mostarda de Dijon, mel, cebola roxa, pimenta do reino sal. Leve ao refrigerador por 1 hora, e esquente o forno a 230 graus. Ja tinha cozinhado batatas pequenas e aipim, mais conhecido como mandioca, prontos pra levar ao forno com os dentes de alho cozido: cortar as batatas e aipim em cubos, colocar tudo numa assadeira, os 4 dentes de alho, capriche no azeite, sal, pimenta do reino, alecrim e tomilho. Coloque o frango com a marinada numa assadeira coberta com papel de assar, adicione umas vagens, pode usar qualquer verde, brócolos, etc, e leve ao forno por aproximadamente uma hora.
Frango caipira com Syrah israeli
Ah, os Syrah minerais das Terras de Israel, na minha opinião são dos melhores que ja tomei…O vinho EMMAUS, produzido pela Judith Ofir, com 90% de uvas da região semi-árida de Mitzpe Ramon, e 10% de Safsufa no Galil. Esta sendo produzido artesanalmente, em Nachshon na vinícola e escola de viticultura. Totalmente organics, colheita manual, etc…Essa ideia de produzir a partir de cepas de Syrah de 2 origens e altitudes diferentes da mesma uva. Esse tipo de corte da mesma uva, funciona muito bem. Jovem e intenso esse Syrah seria ideal para tomar todos os dias. Delicia!! Parabéns para a Jud e Moshe, pela iniciativa e bom gosto.

Cotes du Rhone, bom e barato!

Vinho é um dos mais antigos negocios. Não pode ter preconceito, todas as uvas e os cortes e suas misturas tem seu valor, desde que bem elaboradas. A mágica. Não se trata do preço, e sim do beneficio que a degustacão do vinho traz.
Esse corte de Grenache e Syrah é o meu predileto, da pra sentir os aromas e a acidez dos taninos com muito equilibrio.
Combina com o spagueti ao sugo com molho de tomates frances do Carrefour. Beba com moderacão, faz bem ao coracão!