Expovinis 2012 Retrospectiva

Conheci na feira Expovinis algumas novidades e outros aspectos importantes do mercado de vinho no Brasil e suas relações com os mercados de onde se importam esses produtos.

Do Brasil  chamou atenção o pessoal de Santa Catarina. Os vinhos da Villa Francioni como o Aparados que trouxemos no site acompanhando o nhoque, já nos haviam surpreendido com a relacão custo-beneficio excelente,  e qualidade superior num vinho para consumir todo dia. Também da região, o Hiragami Torii Cabernet 2008. Vinho japonês, feito no Brasil, com cara e paladar, taninos e alcool excelentes e surpreendentes. Provei o Torii Cabernet Sauvignon 2008. Os 14 meses no roble conferem aroma e a uva lembra um Carmenére dos bons. Intenso e frutado com bom fundo de boca. Conheça mais: http://www.winetag.com.br/vinhos/vinho.cfm?vinho=29885-hiragami-torii-cabernet-sauvignon-2008O preço ainda não totalmente competitivo se comparado com os preços praticados pelos  simpáticos franceses da Louis Tête, por exemplo, ou os chilenos da Isla Negra,  cujo vinho agradou nosso paladar e já publicamos aqui. São distribuidos no Brasil pela Divina Botella.

Agora o que mais nos impressionou, foi a capacidade dos franceses, portugueses de produzir pequenas jóias como esse Beaujolais Branco e outros do Alentejo que andam de bike de pijama.

Aguarde mais Expovini!