O assunto é pão francês!

Minha viagem ao sul da França aumentou mais ainda minha fome por orgânicos e o pão foi uma das coisas mais legais que tentei fazer, sempre com resultados aquém do esperado. Mas eis que de repente, em Bordeaux, numa feira de rua de domingo, os pães exalavam saude e sabor. Parece mentira, mas a boulangerie, arte de fazer pão, é uma das mais respeitadas e admiradas profissões francesas. O segredo esta além do moinho. Esta no fermento e tempo. Microbiologia pura a parte, pergunto ao jovem Boulanger, como posso aprender a fazer pães assim como os seus? Cinquenta de farinha, cinqüenta de agua e dez de mel, para começar, deixe por um mes e voilá, responde o padeiro.

Não é tão simples, mas funciona, voce vai chorar achando que seu fermento apodreceu, mas quando a mistura secar, voce vai começar a fazer seu pão em casa, como no interior da Europa, se tiver um forno a lenha melhor ainda. Harmoniza com todos os queijos, tintos e café.

Ingredientes:

farinha branca 400 gr

farinha integral 100 gr

Agua fria 315 gr ou ml

uma colher de sopa de sal

5 gr de fermento caseiro ou seco

Modo de preparo:

Misturar os ingredientes ate formar a massa elástica, deixar descansar por meia hora e fazer a primeira de 4 dobras a cada 20 minutos,  dentro do bowl de metal. Simplesmente dobre como se estivesse criando um envelope,  vire para dentro e vire de lado. A massa deve crescer ate dobrar de tamanho, colocar na bancada espalhar farinha e fazer uma bola usando as maos e um pouco de farinha.  Faca um corte em X no topo da massa.

Acenda o forno a 280 graus, se tiver uma panela de ferro unte com farinha,  leve ao forno após 15 minutos de aquecimento, nao esquecer de borrifar agua antes de colocar no forno. Ai asse por 30 minutos e retire a tampa, e deixe outros 30 minutos ou um pouco mais depende do seu forno. Retire e deixe esfriar por uma hora. Caso nao tenha panela de ferro, use um pirex de vidro refratário redondo grande e cubra com papel alumínio com parte brilhante para dentro. Funciona.

*dicas: peneirar a farinha, usar uma batedeira, separar o fermento do sal, o que pode ser feito dissolvendo o sal na farinha e misturando bem, depois adiciona o fermento dissolvido na agua no caso de usar o caseiro, se usar o seco, que vem em pó, fazer exatamente contrario.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.