Truta na manteiga: alcaparras, limão, cogumelos frescos e pimenta indiana, manjericão. Vodka flambé.

Truta flambada na manteiga: alcaparras, limão, cogumelos frescos e pimenta indiana, manjericão.

A truta se adaptou bem na região serrana do Rio, mas o custo de produção e frete encarecem demais o produto que deve ser consumido fresco de preferencia. Apesar de encontrado fresco e vivo, pode apresentar problemas quando consumido sem o devido preparo. Existem muitas questões sobre a Truta e como preparar esse peixe de agua doce, que tem gosto de terra e muito colageno, vitaminas e pouca gordura. Antes de mais nada, a truta originaria dos rios, tem sido reproduzida em cativeiro com muito sucesso, mas com muitos problemas ambientais e de saude. Por conta da qualidade da agua onde vive e da ração com a qual é alimentada, a truta, quando consumida ao ponto, como deve ser, pode trazer os mesmos riscos do consumo de ovos crus, por exemplo, onde encontramos bactérias e microorganismos como a famosa Salmonella. A ração utilizada pode conter GMO, ou seja, ingredientes modificados geneticamente, que se consumidos em excesso podem causar danos genéticos nas futuras gerações. Das trutas e dos humanos.
E vamos ao preparo: lave a truta com agua e salgue, coloque pimenta do reino, e deite duas colheres de sopa de manteiga na frigideira grande, em fogo baixo, e va adicionando as fatias do limão ,que tem que ser siciliano, bem gordinho, pimenta verde fatiadas, alho com a casca e cogumelos frescos. Cubra e deixe por uns 10 minutos no fogo baixo, adicione 50 ml de vodka e acenda um fósforo com cuidado, deixando a mistura apagar tampe, e deixe por mais 10 a 15 minutos. Sirva


Ingrediente para 2 pessoas:
01 Truta inteira limpa
2 dentes alho 2 colheres de manteiga, uma pimenta verde, 2 dentes de alho, 4 cogumelos sal e pimenta do reino, azeite para dar o acabamento.

Atum selado ao molho Teriaki com nabo ralado e pepino.

AtumPirikara
Atum selado com molho Teriaki é um prato que enriquece o sabor do peixe, com camadas de pimenta, gergelim, alho ,gengibre. E funciona bem com os nacos de atum que a peixaria oferece. Como vocês sabem a gente gosta da peixaria do Zona sul do Recreio, e recomendamos essa rede para comprar seu peixe, por uma questão de qualidade e preço que nao foge muito do peixeiro e do mercado produtor.
Ingredientes para 2:
Dois pedaços de atum limpo e cortado para sashimi.
Um nabo, um pepino, sal, pimenta do reino, molho de soja, maizena,gergelim misto, pimenta dedo de moça p dar toque baiano.
açúcar , mel, gengibre e alho, salsa. Azeite.
Receita:
Tempere os corte de atum com sal e pimenta e cubra com o gergelim.
Preparar o molho numa panelinha, adicionar duas colheres de soja, uma de açúcar, dois dentes de alho, um pedaço de gengibre ralado, meia colher de mel, alho e gengibre.
Rale o nabo e corte o pepino, numa frigideira coloque um fio de azeite e e doure os nacos de atum ate dourar. Retire e corte como quiser, sirva como na foto. Banzai!! Domo Arigato mr Roboto.

Tuna Balls com Pure de batatas.

Um peixe recheado, tipo ghefilte fish, no molho marroquino com pure frances, o atum da um sabor intenso e muito inusitado. O segredo que as bolas de peixe ficam bem fofas e suculentas.O purê tem toque de canela.

tunaballs and pure

Ingredientes p 2 ou mais

300 gr de atum fresco

1 cenoura

meia xícara de farinha de rosca

um ovo

1 lata de tomate pelado ou 6 tomates italianos

2 cebolas, 4 dentes de alho

coentro

salsa  e cebolinha

6 batatas pequenas

1 pimentao vermelho grande

queijo parmesão

leite

sal, pimenta,  paprica, curcuma,  harissa e cominho.

Preparo:

Descasque as batatas e leve ao fogo numa panela com sal e dois dentes de alho, uma cebola,  adicione sal e pimenta do reino. Um pedaço de canela, azeite d oliva, meia xícara de leite e um pouco de parmesão ralado, o ponto do purê quando ficar bem cremoso,

Leve o peixe a processar com cenoura, cebola, sal, pimenta do reino centro e salsa, azeite de oliva e ovo. Leve p geladeira.

Queime o pimentao no fogo, quando a casca ficar preta, retire e coloque em agua gelada, tire a pele, sementes e corte em pedacinhos.

Refogue em azeite 2 dentes d alho, pimenta calabresa a gosto, tomates sem casca, paprica doce e picante, e os outros temperos acima, sal, pimenta,  paprica, curcuma,  harissa e cominho. cubra com agua e deixe cozinhar p uma hora.

Prepare as bolas de peixe com as maos, e coloque na panela do molho, adicione o pimentao queimado cubra com agua quente e leve ao fogo com tampa p mais uns 40 min.

Corte a cebolinha e  reserve.

Sirva como na foto.

 

 

 

Tilápia ao forno com aipim e legumes, e um bom tinto francês.

Tilápia ao forno
Saber comprar alimentos frescos, orgánicos, peixes, e ainda encontrar vinhos acessíveis tem sido uma das minhas metas nos últimos tempos. Felizmente, meu instinto de avido consumidor me leva ao mercado certo. Passo rapidamente na prateleira dos legumes e encaro meu amigo o peixeiro, super ocupado com as perguntas dos clientes cariocas. Vejo uma tilápia gordinha na vitrine, resolvi leva-la. O aipim ja vem no vacuo, so cozinhar. O vinho estava na promoção e levei um francês bem diferente: do Cotes du Tharn, um corte de uvas bem interessante. Confira a oferta aqui: http://www.zonasulvinhos.com.br/Produto/Vinho_Tinto_Frances_Les_Granitiers_Garrafa__750_mL_2015_–84936–1763

E em alguns minutos tenho os ingredientes para uma refeicao leve e cheia de vitaminas, sem muita gordura e com sabor da terra. Mineral, vegetal, e frutas.

Ingredientes para dois:

Uma tilapia gordinha, ou duas, limpas. Cebola, alho, beterraba, vagem, aipim, limao siciliano, alecrim, sal e pimenta da reino, manjericão, azeite de oliva e pimenta do reino.

Preparo:

cozinhe o aipim ate amolecer, corte os legumes e cozinhe no vapor, tempere o peixe com sal e pimenta, fazendo uns cortes no dorso, coloque tudo na assadeira e cubra com azeite e manjericao, alecrim, enfeite com a cebola e limao. Forno a 255 graus por 40 minutos. Bon Apetit.

 

Truta dourada com batatas e shitake, com vinho mineiro Casa Geraldo Shiraz 2014

Casa Geraldo Shiraz 2014

Os vinhos da Casa Geraldo nos surpreenderam. Esse Shiraz 2014 foi premiado em competição internacional, e quando abri a garrafa no friozinho da Serra da Mantiqueira, em pleno verão, reconheci o mineral do terreno dessa regiao, também presente na fazenda onde sao criadas essas trutas brancas. Calcareo, ouro, metais nobres, tudo de bom!!
Ai pensei: a truta vai combinar muito com esse vinho! Dito e feito.

Criei uma receita meio israelense com um toque de curcuma. Com pimenta calabresa, paprica, tomilho, louro, alho e cebola nao esquecer o gengibre.
Truta dourada. Para tudo!! Essa truta criada nas cabeceiras da Serra da Mantiqueira, é o máximo. Carne branca, saborosa, cheia de colageno, mas muito mais suave que a Arco-Iris que conhecemos. Da pra fazer um bom guefieltefish ou pra comer tudo e usar os osso para engrossar o caldo.

Truta para dois:

Uma truta gordinha, seis batatas pequenas, shiitakes frescos, 1/2 cebola, 3 dentes de alho, um pedacinho de gengibre, meio ramo de salsinha, uma cebolinha, tomilho, azeite , sal, curcuma, cominho em po,  pimenta calabresa e do reino. Meio tablete de caldo de legumes ou caldo de legumes fresco. Vinagre de sua preferência .

Preparo: Refogue o gengibre, alho e cebola no azeite, quando dourar adicione os shitake fatiados, uma colher  de  vinagre e deixe caramelizar o shitake, pode colocar os temperos como tomilho, meio ramo de salsinha, uma cebolinha, tomilho, azeite , sal, curcuma, cominho em po,  pimenta calabresa e do reino. Meio tablete de caldo de legumes, ou caldo de legumes fresco e cubra agua, entao adicione as batatas e cubra com mais agua fervendo, deixe cozinhar por uns quinze minutos em fogo baixo tampado, nesse meio tempo prepare a truta, cortando em postas. Adicione a truta ao caldo e deixe cozinhar por mais uns 20 minutos, retire a truta e as batatas e reduza o caldo. Bom Apetite !!

Caldo de Bochecha de Namorado com Legumes e Tofu

A bochecha do peixe tem uma consistencia perfeita para o caldo de peixe. O ideal é usar a cabeça toda, mas tem que pedir pro peixeiro limpar pois essa parte do peixe é a mais irrigada, ou seja tem muito sangue e órgãos o que suja bem o caldo.Eu imitei uma receita que vi no programa de um chef muito famoso, onde ele prepara esse caldo a bordo de uma barca de cozinha na Tailandia. E dei um toque brasileiro com abóbora e abobrinha. Apimentado e doce, esse nao e uma prato para amadores, tem uma certa técnica, saber fazer, então vamos la:
Ingredientes para 2:
1 cabeça de peixe limpa, 1 cebola roxa, dois dentes de alho, um pedaço da parte branca do alho poro, 1 cebolinha, 1 cenoura, ! perdão de abóbora fatiada, ervilhas frescas, , um tomate, meio pimentao vermelho e meio verde, oleo de gergelim torrado, vinagre de arroz, molho de soja, pimenta dedo de moca, sal, curcuma, e cominho e o mais importante sementes de gergelim com pimenta seca, tipo chinesa.
Preparo:
Use uma panela grande, coloque um fio de azeite de gergelim, refogue o alho, cebola, alho poro, e a pimenta dedo de moca, ate dourar. Adicione uma colher de vinagre e deixe caramelar. Coloque um tomate pelado, e o peixe cortado, mexa um pouco e tempere com sal, curcuma, cominho, molho de soja duas colheres, e cubra com agua, adicione os legumes. Leve a ferver, ai começa a tirar a espuma que vai se concentrar no topo. Deixe reduzir por uma hora, pra absorver bem os sabores…sirva com cubos de Tofu defumado ou branco. Uma delícia leve e refrescante.
Vai bem com o Adega Grande 2011, uma pechincha portuguesa do Supermaket.

Hreime, peixe ensopado de Pescada Rosa e Cuscuz, com toque carioca.

Hreime, ensopado de Pescada Rosa com Cuscuz.

A pescada rosa é assim chamada pela sua cor rosada, mas você só vera, se ela ja estiver filetada. Por sorte o peixeiro do Zona Sul aqui no Recreio dos Bandeirantes, sabe cortar esses files como poucos peixeiros fariam. E o preço camarada. O cuscuz você pode encontrar nas melhores lojas. Vou dar a receita do molho e como cozinhar o peixe nesse molho.Hreime, ensopado de Pescada Rosa com Cuscuz.
Para duas pessoas, os ingredientes são dois files de pescada, passada de tomates, uma cenoura ralada, uma cebola, uma colher de gengibre, um alinho de aipo, 2 dentes de alho, meia pimenta vermelha, 1 pimentao verde, pimenta verde tipo marroquina, limão siciliano, sal grosso. cominho, paprica doce e apimentada, azeite de oliva. Coentro, cebolinha e salsinha verdes. azeitonas cortadas. Preparo simples: refogue no azeite as pimentas, cebola, alho, gengibre, ate ficar dourado, ai você coloca o suco de meio limão siciliano e deixa caramelizar, coloca o tomate, cenoura ralada, coentro, cebolinha, o alinho de aipo cortado, e cobre tudo com agua e deixa cozinhar por uns 20 minutos. Deixe esfriar um pouco e passe tudo pelo processador batido umas três vezes rápidas, e volta pra panela onde vamos colocar os files de pescada, por uns minutos. Desligar servir com salsinha sobre uma camada de cuscuz ou arroz, purê, etc

Filé de peixe com shitake no curry vermelho apimentado.

Filet de peixe com molho de tomate, mini-shitakes e curry apimentado,com purê de batata doce ao leite de coco. Dois filet de peixe tipo linguado, rápido de cozinhar, cozinhe duas batatas doce com sal e dois dentes de alho. Separe meia lata de tomate pelado, alho azeite de oliva, tempero tipo curry, shitakes. Refogue o alho no azeite coloque o shitake e o tomate, coloque uma colher de tempero cubra com agua e deixe cozinhar por meia hora. Quando a batata estiver mole, retire da agua tire a casca e devolva tudo para uma panela com azeite de oliva, sal e pimenta do reino, uma pitada de canela em po, e leite de coco, umas 4 colheres de sopa. Cubra com agua fervendo, e deixe cozinhar em fogo baixo, pode bater no blender, se quiser. Enquanto isso, o molho ja esta reduzido e pode colocar dentro os files de peixe, abaixe o fogo e deixe coberto por uns 5/10 minutos. Desligue o fogo , coloque um pouco de salsa picada e sirva.
Filet de peixe e shitake, apimentado ao curry vermelho com purê de batata doce