Visita e degustação na Villa Santa Maria: os vinhos Brandina

Muita gente desconhece o trabalho de blogueiros como o Virtual Palato. Nosso blog se dedica a trazer novas opções de produtos para a prateleira, seja para o lojista, como para o pequeno restaurante ou mercado. Por isso, fizemos estes últimos anos mundo afora, visitando mercados e produtores. E agora, estamos viajando pelo Brasil, na medidaContinuar lendo “Visita e degustação na Villa Santa Maria: os vinhos Brandina”

Pintado ensopado, tipo Chraime, com Malbec argentino.

Nosso Mercosur, apesar de ainda não funcionar muito bem em termos de regulamentacao, permite que se possa harmonizar o peixe pintado, tipicamente brasileiro, com um Malbec francês adaptado muito bem ao clima do deserto. Feito com a receita de Bordeaux. Teor alcoólico 12,8% Tipo de fechamento Rolha Produtor Garbin Serviço 15ºC Volume 750ml Uvas Malbec Safra 2019 Sobre o vinho: De berço francês, a uva Malbec, conhecida porContinuar lendo “Pintado ensopado, tipo Chraime, com Malbec argentino.”

Chardonnay e Malagousia: gregos estão chegando ao Rio neste verão!

O calor do Rio nesta época do ano pede um toque refrescante e diferente. Atento as novidades e aos novos sabores do mundo, estive no Empório Zona Sul, aqui no Santa Monica, procurando alguns ingredientes que faltavam para o almoço de hoje: lasanha de ossobuco. E não é que ao comentar com meu amigo eContinuar lendo “Chardonnay e Malagousia: gregos estão chegando ao Rio neste verão!”

Visita a Vinícola Juan Carrau: a casa do Amat.

Fui visitar a vinicola Juan Carrau que fica em Montevideo. Ja havia degustado alguns de seus vinhos, mas não tive a oportunidade de visitar. Gosto de chegar de surpresa nas vinicolas, o que me propicia alguns problemas mas esta cercado de vantagens: posso sentir o trabalho em andamento, sem que as instalações tenham sido preparadas.Continuar lendo “Visita a Vinícola Juan Carrau: a casa do Amat.”

Paris-Bordeaux ao Vinho

Fomos conferir a Bio Expo Bordeaux que aconteceu na cidade francesa em junho. Ali encontramos produtores comprometidos com o processo orgânico, provamos diversos vinhos certificados, de diferentes regiões, ate um Terret, branco com sabor e eram de gergelim, cuja produção e inferior a 1% de todo vinho francês. Descobrimos que o Tannat, nosso apreciado uruguaio,Continuar lendo “Paris-Bordeaux ao Vinho”

Queijo caseiro e vinho israeli, combinação perfeita para as festas.

Queijo caseiro e vinho israeli, combinação perfeita para as festas. Uma das maiores deficiencias no mercado de vinho brasileiro, ausência de rótulos de países como Israel.  Minerais e intensos, como os israelenses, frutados e muitas vezes doces em sua aspereza, os vinhos de Israel são produzidos em condições ideais de solo e clima.  Maturados peloContinuar lendo “Queijo caseiro e vinho israeli, combinação perfeita para as festas.”

Novo mundo, vinho velho. Tannat e Syrah, um corte uruguaio que pode durar.

Os uruguaios são desbravadores do novo mundo, no que diz respeito ao Tannat. Essa uva com características bem proprias, tem sido plantada  no Brasil também e ja esta produzindo vinhos incríveis. E esses vinhos estao bobeando em Teresópolis, por conta do clima ameno, e questões de mercado turismo, etc, que permitem voce encontrar essas pérolasContinuar lendo “Novo mundo, vinho velho. Tannat e Syrah, um corte uruguaio que pode durar.”